19 janeiro 2019

Campeonato Pernambuano 2019: Sport estreia com derrota, em casa, para o Flamengo de Arcoverde no estadual

A estreia do Sport em 2019 foi longe do que o torcedor esperava. Na verdade, foi parecida com o que ele está acostumado dos últimos anos. Jogando em casa, o Leão deu mais um vexame e foi derrotado por 3 a 1 pelo Flamengo de Arcoverde na primeira rodada do Campeonato Pernambucano. Adryelson marcou para o Sport, mas Erikys, duas vezes e Pedro Maycon fizeram a festa dos sertanejos com uma ajuda e tanto do goleiro Magrão e do zagueiro Walber. Guilherme ainda diminuiu para o Sport, mas foi pouco.

PRIMEIRO TEMPO

O Sport começou o jogo tomando susto. As três primeiras chances foram do Flamengo de Arcoverde, que aproveitou a defesa do Leão batendo cabeça e por pouco não tirou o zero do placar. Com o passar do tempo, o time do técnico Milton Cruz passou a trocar passes com mais tranquilidade e assumiu o controle do jogo. Tanto que aos 19 minutos, depois de um escanteio cobrado por Pardal, Adryelson subiu muito e cabeceou para abrir o placar. O Sport seguiu com a bola até o fim do primeiro tempo, mas sem dar tantos sustos na equipe de Arcoverde.

SEGUNDO TEMPO

O Sport voltou para o segundo tempo querendo matar o jogo e teve boas chances com Pedro Maranhão e Hernane Brocador, mas o Flamengo de Arcoverde foi mais efetivo para marcar. Contando com uma falha grande do goleiro Magrão, o atacante Erikys só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes aos 14 minutos. E teve mais, aos 17, Pedro Maycon fez fila na defesa e chutou forte. Ele contou ainda com um desvio na zaga para virar o jogo. O Sport se lançou todo ao ataque e aos 35 minutos, numa falha do zagueiro Walber o atacante Erikys fez mais um. Mais ataque do que tudo, o Sport diminuiu aos 47 em um golaço do atacante Guilherme num belo chute de fora da área.

É cedo para comemorar muito, mas o Flamengo de Arcoverde é o líder do Campeonato Pernambucano neste momento. Com três pontos e três gols marcados, fica na frente do Central, que venceu o Náutico por 2 a 1. O Sport amarga a vice-lanterna neste momento e só está na frente do Náutico. Apenas dois jogos aconteceram até agora.

O Sport volta a jogar pelo Campeonato Pernambucano na próxima quarta-feira, quando vai até a Arena de Pernambuco jogar com o Vitória-PE, às 20h30. Às 21h30, o Flamengo de Arcoverde entra em campo em casa contra o Santa Cruz.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Campeonato Paranaense 2019: Athletico Paranaense estreia no estadual com derrota para o Cascavel

O recém-promovido Cascavel CR carimbou a faixa. A equipe de Lorival Santos venceu o atual campeão Athletico na abertura do Campeonato Paranaense de 2019. O vice-campeão da Divisão de Acesso do ano passado ganhou por 1 a 0. O lateral-esquerdo Taira marcou, aos 12 minutos do primeiro tempo, o único gol na tarde deste sábado, na Arena da Baixada.

PRIMEIRO TEMPO

O Athletico - apesar de ter iniciado a pré-temporada em dezembro - teve dificuldades pela falta de entrosamento. Matheus Anjos e Bruno Rodrigues buscavam o jogo, se movimentavam e davam trabalho, mas os companheiros não acompanhavam. Nas melhores chances, Matheus Anjos bateu falta rente ao travessão, e Bruno bateu com categoria, mas Marcos Paulo salvou. O Cascavel CR apostou nos contra-ataques e, em um deles, marcou o gol aos 12. Após o cruzamento, Bambu furou na primeira trave. Michael tentou, Éder travou, e Taira aproveitou o rebote e soltou a bomba - 1 a 0.

SEGUNDO TEMPO

O Athletico controlou as ações da partida no segundo tempo, mas sofreu para criar. Rafael Guanaes até colocou Erick, Anderson Plata e João Pedro para dar novo gás, mas o Furacão rondava a área adversária sem levar perigo. O Cascavel CR, por sua vez, valorizava cada lance e deixava o tempo passar. No fim, a torcida já vaiou o técnico Rafael Guanaes pelas mudanças e, principalmente, pela atuação. E o recém-promovido Cascavel CR derrubou o atual campeão Athletico na abertura do Campeonato Paranaense de 2019.

O Cascavel CR volta à elite estadual depois de sete anos. Neste período, o clube teve que disputar a Divisão de Acesso e a terceira divisão, além de ter ficado inativo por uma temporada, em 2013. Portanto, apesar do resultado, o jogo entra para a história da equipe de Cascavel.

Com o resultado deste sábado, o Athletico fica zerado no Grupo A da Taça Barcímio Sicupira Júnior; já o Cascavel CR larga com três pontos no Grupo B. O complemento da primeira rodada será realizado no domingo, com cinco jogos às 17h.

A segunda rodada da Taça Barcímio Sicupira será realizada no meio da semana. O Athletico joga contra outro time de Cascavel, o Cascavel FC. A partida será na quarta-feira, às 20h, no Olímpico Reginal. Já o Cascavel CR recebe o Londrina na quinta-feira, às 20h, também no Olímpico.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Campeonato Carioca 2019: Vasco estreia com vitória por 1 a 0 fora de casa

Madureira e Vasco deram o pontapé inicial na temporada 2019 na tarde deste sábado. No Estádio Conselheiro Galvão, o Cruz-Maltino derrotou o Tricolor Suburbano por 1 a 0 com gol de Thiago Galhardo na estreia da Taça Guanabara. Com um time recheado de reforços e garotos da base, o Vasco criou inúmeras chances. O Madureira não ficou atrás e também assustou o adversário em chegadas perigosas, mas teve um homem expulso no segundo tempo e não conseguiu segurar a pressão.

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou quente com as duas equipes buscando o ataque, mas cometendo muitos erros também. O Vasco encontrava dificuldades na saída de bola. Valentim pedia bola no chão, mas o time errava muitos passes no campo defensivo. As bolas longas funcionaram melhor. Yan Sasse, Raul, Marrony e Ribamar levaram perigo ao gol de Jonathan, que fez duas grandes defesas na primeira etapa. Do outro lado, o Madureira também assustava. A grande chance foi uma cabeçada de Cláudio Maradona no travessão. Everton e Welber também tentaram.

SEGUNDO TEMPO

O Vasco voltou melhor para a etapa final, com mais presença no campo de ataque e com o meio jogando mais perto e participando mais. Com a expulsão de Marcelo Alves, zagueiro do Madureira, aos 12 minutos, o Cruz-Maltino aumentou a pressão. Antes, já havia assustado com Yan Sasse, Ribamar e Dudu. O Tricolor Suburbano, que também tinha levado perigo a Fernando Miguel com Claudio Maradona, diminuiu o ímpeto ofensivo. Aos 21, Valentim colocou um jogador mais experiente no jogo, e deu certo: um minuto depois de entrar, Thiago Galhardo acertou um belo chute e garantiu a estreia com vitória do Vasco, que também contou com a sorte. Everton ainda acertou uma bola no travessão. Mas foi só isso. O Cruz-Maltino seguiu em cima e poderia ter ampliado com Marrony, Ribamar, Danilo e Moresche.

Alberto Valentim aproveitou o primeiro jogo da temporada para testar os novos reforços e os garotos da base. Entre os destaques está Lucas Mineiro, que mostrou qualidade no passe e na recuperação. Ribamar também não foi mal: na frente, Marrony e ele se movimentaram bem. Raúl Cáceres e Yan Sasse foram discretos. Danilo Barcelos não foi bem nem na defesa nem no ataque. Claudio Winck entrou apenas no fim e não teve tempo para mostrar muita coisa.

PRÓXIMOS JOGOS

Potuguesa x Madureira, na quarta-feira, às 16h, no Estádio Luso-Brasileiro.
Vasco x Volta Redonda, na quarta-feira, às 21h30, em São Januário.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Campeonato Paulista 2019: Santos estreia com vitória no estadual 2019

A estreia oficial de Jorge Sampaoli no Santos foi tensa, mas teve final feliz. Com um gol de Jean Mota aos 32 minutos do segundo tempo, o Peixe venceu a Ferroviária por 1 a 0, na quente tarde (35ºC) deste sábado na Vila Belmiro. Sampaoli teve motivo para se irritar: perdeu Bruno Henrique horas antes do jogo, negociado com o Flamengo. O técnico mudou o esquema tático para um 4-4-2 (sem pontas) e, no segundo tempo, voltou ao 4-3-3, quando finalmente o time chegou ao gol. Jean Mota, sempre tão contestado pelo torcedor santista, desabafou na comemoração. Justiça seja feita: o meia foi o melhor em campo.

PRIMEIRO TEMPO

Sem Bruno Henrique, o técnico Jorge Sampaoli mudou o esquema tático do Santos: sem pontas, mas com dois centroavantes (Yuri Alberto e Felippe Cardoso). A orientação era para que os laterais (Victor Ferraz e Orinho) jogassem espetados no ataque, dando amplitude para o time. O Peixe teve a posse de bola, tocou com paciência, chegou a criar algumas chances, mas nenhuma com grande perigo para o goleiro Tadeu. A Ferroviária, por sua vez, assustou apenas em lances de bola parada, com faltas alçadas na área. Com o 0 a 0 no placar, a torcida na Vila protestou: "Queremos jogador!"

SEGUNDO TEMPO

O Santos voltou com o ponta Arthur Gomes no lugar do centroavante Yuri Alberto, muito mal no jogo. A ideia era ter mais mobilidade no ataque. Pouca coisa mudou. Sampaoli, então, trocou Pituca por Copete, aí assim abrindo o time no 4-3-3 convencional que vem desde 2014 no Santos. O gol acabou saindo num cruzamento de Copete, com ajeitada de Felippe Cardoso para Jean Mota chutar de primeira e fazer o gol da vitória santista.

Com o resultado, o Santos pula na frente no Grupo A, que ainda tem Ponte Preta, RB Brasil e São Caetano. A Ferroviária fica zerada no Grupo C, que tem Bragantino, Corinthians e Mirassol. Na próxima rodada, a Ferroviária recebe a Ponte Preta, quarta-feira, às 17h, em Araraquara. Já o Santos encara o São Bento na quinta, às 19h15, em Sorocaba.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Campeonato Mineiro 2019: Cruzeiro estreia no estadual com vitória diante do Guarani-MG

O Campeonato Mineiro 2019 começou com vitória do atual campeão. Na tarde deste sábado, o Cruzeiro foi a Divinópolis e venceu o Guarani-MG por 3 a 1 em compromisso válido pela abertura da competição. Raniel, com dois gols, e Robinho, com um gol e uma assistência, foram os destaques do time celeste no estádio Farião. Do lado do Bugre, quem brilhou mais foi o volante Alemão, que balançou as redes de Fábio.

PRIMEIRO TEMPO

Os primeiros 45 minutos foram movimentados. O Cruzeiro começou tomando conta da partida e, logo aos 14 minutos, abriu o placar com Raniel, completando cruzamento de David. Aos 18, o time da capital já ampliou o marcador. O autor do gol foi Robinho, que recebeu lançamento de Lucas Silva, limpou o zagueiro e finalizou forte de canhota, sem chance para o goleiro Leandro. Mesmo com a vantagem, o Cruzeiro seguiu pressionando e perdeu ao menos três chances claras com Robinho, David e Rafinha. No fim, o Guarani-MG conseguiu diminuir com Alemão, em belo chute de fora de área, e ameaçou uma reação, mas a primeira etapa terminou com a Raposa vencendo por 2 a 1.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo começou no mesmo ritmo. Antes da primeira volta no relógio, Raniel aproveitou passe de Robinho e, da entrada da pequena área, marcou o terceiro do Cruzeiro. Depois disso, o jogo piorou bastante, até por ser o primeiro jogo oficial dos dois times na competição. Nenhum dos dois times teve chance clara, e o resultado foi mesmo 3 a 1.

Os dois times voltam a campo na quarta-feira. Às 20h, o Guarani vai a Varginha enfrentar o Boa Esporte. Às 21h30, o Cruzeiro faz a estreia em casa, contra o Patrocinense. Ambos os jogos são válidos pela segunda rodada do Estadual.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

18 janeiro 2019

Copa do Nordeste 2019: Bahia estreia na competição com empate

A estreia da temporada 2019 foi de empate para Bahia e CRB. Na noite desta quarta-feira, os dois times se enfrentaram na Arena Fonte Nova, em Salvador, e ficaram no 1 a 1, em partida válida pela primeira rodada da Copa do Nordeste. Mateus Silva marcou o gol do Galo, e Gilberto empatou para o Tricolor baiano.

PRIMEIRO TEMPO

Com a estreia em casa, o Bahia tentou pressionar no início da partida, mas levou um susto logo aos seis minutos. Após cobrança de escanteio, Gilberto errou o corte e Mateus Silva completou para o fundo das redes. O gol animou o time do CRB, mas a empolgação durou pouco. Dois minutos depois, Paulinho cruzou na medida para Gilberto cabecear firme e empatar o placar. O Tricolor quase virou com Artur, que acertou o travessão em novo cruzamento de Paulinho. Tiago, de cabeça, e Guilherme, em chute de fora da área, também levaram perigo ao gol defendido por Edson Mardden. Apesar do esforço da equipe baiana, o primeiro tempo terminou em 1 a 1.

SEGUNDO TEMPO

Assim como na primeira etapa, o Bahia se lançou ao ataque. E o ímpeto abriu espaços para os contragolpes do CRB. Em um deles, Hugo Sanches escapou, ficou cara a cara com o gol, mas Douglas Friedrich conseguiu fazer grande defesa. Após 15 minutos, o início de temporada cobrou seu preço, os times sentiram o desgaste físico e caíram de rendimento. Artur e Shaylon ameaçaram com chutes de fora da área, mas não foi o suficiente para tirar o empate do placar.

Bahia e CRB voltam a jogar pela Copa do Nordeste no dia 26 deste mês. Na segunda rodada do regional, o Tricolor baiano encara o Santa Cruz no Arruda. Já o Alvirrubro alagoano tem pela frente o Ceará, no estádio Rei Pelé. Antes, os dois times têm compromissos pelos estaduais.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa do Nordeste 2019: Fortaleza estreia na competição com vitória, fora de casa

O Fortaleza começa 2019 como terminou 2018: vencendo. E vencendo bem. A vítima nesta terça-feira foi o Náutico, em pleno estádio dos Aflitos, na estreia das duas equipes na Copa do Nordeste. Júnior Santos foi o cara do jogo: marcou um gol relâmpago, aos 37 segundos de jogo, e ampliou no segundo tempo. Ainda houve tempo para Ederson aumentar o marcador - e para Wallace Pernambucano marcar o gol solitário do Timbu. Evitar a vitória do Tricolor do Pici, àquela altura, já não era mais possível: 3 a 1 para o time de Rogério Ceni.

PRIMEIRO TEMPO

A torcida fez festa no primeiro jogo oficial após a volta aos Aflitos, mas o Fortaleza não se intimidou. Nem um pouco. Com apenas 37 segundos de jogo, Júnior Santos aproveitou lançamento longo e falha do zagueiro Camutanga para abrir o placar.

O Timbu, após o baque inicial, tentou se recuperar. E é verdade que conseguiu exercer uma pressão sobre o Fortaleza. O time da casa esteve perto de abrir o placar por duas vezes, ambas com o zagueiro Camutanga - que não conseguiu se recuperar do deslize no início do jogo.

A pressão do Náutico não diminuiu nem com a expulsão de Josa, por reclamação, aos 18 minutos. Gol que é bom, porém, nada. Quando não falhou na mira, o ataque alvirrubro parou na boa atuação do goleiro Boeck.

SEGUNDO TEMPO

O técnico Márcio Goiano tentou manter a postura ofensiva da equipe. Mas os espaços por conta do jogador a menos começaram a aparecer. O Timbu se lançou ao ataque sem cautela - enquanto o Fortaleza foi esperto. Esperou o time da casa vir e aproveitou o campo que ficava às costas de laterais e zagueiros.

Foi assim que, naturalmente, o time do Fortaleza ampliou o placar. Primeiro com Júnior Santos, de novo, depois com Ederson, que deu números finais ao jogo.

Embora tenham se enfrentado na estreia de ambos, Náutico e Fortaleza não estão no mesmo grupo. Nesta edição da Copa do Nordeste, as equipes de uma chave enfrentam as da outra. Assim, com a vitória, o Tricolor do Pici largou bem no grupo A - enquanto o Timbu vai precisar se recuperar na próxima rodada para pontuar no grupo B.

O próximo jogo do Fortaleza no Nordestão é contra o CSA, no domingo, dia 27, às 16h (horário local) no Castelão. O Náutico entra em campo antes, na terça-feira, dia 22, contra o Sergipe, às 20h30 (também local), no Batistão. Mas tem um compromisso anterior: pega o Central, sábado, às 16h, em Caruaru, na estreia do Pernambucano.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa do Nordeste 2019: Vitória estreia na competição com empate diante do CSA

CSA e Vitória fizeram um bom jogo nesta terça no Rei Pelé. Grandes defesas, lances bonitos e dois gols. Tudo igual. Patrick Fabiano abriu o placar para o Azulão e, de pênalti, Nickson fechou o placar em 1 a 1. Essa foi a estreia oficial dos times na temporada e no Nordestão. O CSA jogou com sua equipe principal, e o Leão escalou o sub-23. No fim, um ponto pra cada lado.

PRIMEIRO TEMPO

O Vitória começou o jogo ditando o ritmo. O CSA apresentou deficiência na marcação pela direita, e o Leão criou três chances. Na melhor delas, aos 12, Mateus lançou Luan Silva, que passou pelo marcador e tocou pra trás. Eron, livre, bateu colocado e João Carlos fez uma grande defesa.

O Vitória ainda teve um chance, mas, a partir dos 25, o CSA se arrumou. Criou uma ótima chance numa finalização pra fora de Matheus Sávio e, aos 30, quase abriu o placar, com Patrick Fabiano. que escorou cruzamento da direita de Matheus e viu a bola sair por pouco.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final começou melhor para o Vitória. Por pouco, Cedric não abriu o placar aos cinco minutos. O CSA respondeu imediatamente. Matheus Sávio cobrou escanteio da esquerda, Régis escorou e Patrick Fabiano acertou a trave. Na jogada seguinte, o primeiro gol da partida, aos nove.

Matheus Sávio chutou de fora da área, acertou a trave do Vitória e, no rebote. Patrick marcou o primeiro dele com a camisa do CSA. Depois, só deu Leão, com destaque para o atacante Luan Ferreira.

Teve bola na trave, grandes defesas de João Carlos e, aos 31, um pênalti. Nickson deslocou o goleiro do CSA e empatou o jogo no Rei Pelé.

O Vitória volta a jogar pelo Nordestão no próximo sábado, no Barradão, contra o Moto Club. O duelo está marcado para as 17h (de Brasília). O CSA só vai jogar pela competição em 27 de janeiro, fora de casa, contra o Fortaleza. Jogo está marcado para as 18h (de Brasília), na Arena Castelão.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa do Nordeste 2019: Ceará estreia na competição com goleada sobre o Sampaio Corrêa

O Ceará fez uma estreia de encher os olhos do torcedor na Arena Castelão. Cinco gols contra o Sampaio Corrêa, marcados por Felipe, Vitor Feijão, Ricardinho e Ricardo Bueno, duas vezes. O Sampaio não marcou contra o Vovô, que teve Diogo Silva e não Everson na meta. Com o resultado, o Vovô é líder do Grupo B.

PRIMEIRO TEMPO

No primeiro tempo, o Ceará começou ditando o ritmo de jogo e com as melhores oportunidades. Aos 21, Ricardo Bueno arriscou em um chutaço e quase marcou o primeiro. Aos 34, o mesmo atacante recebeu de Vitor Feijão e bateu forte com perigo. Ficou com Felipe Baxola a responsabilidade de marcar o primeiro gol do Ceará no ano. E foi um golaço, ele tirou da marcação e meteu no fundo das redes.

SEGUNDO TEMPO

Aos 6 minutos, Samuel Xavier avançou pela direita, cruzou para a área eo camisa 7 do Ceará Vitor Feijão colocou a bola no fundo do gol. Ricardinho foi o autor do terceiro gol, na saída de Rodrigo Santos. E ainda deu tempo para, no fim, Ricardo Bueno balançar as redes por duas vezes, aos 43 e aos 46. Foi uma estreia que animou o torcedor na Arena Castelão.

Com o resultado, o Ceará é líder no Grupo B com três pontos, seguido pelo ABC. E o Sampaio Corrêa está na lanterna do Grupo A.

O Sampaio Corrêa encontra o Confiança no próximo sábado (26), às 16 horas, no Castelão-MA. O Ceará encara o CRB no Rei Pelé no sábado (26), às 18h30.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Campeonato Catarinense 2019: Pelo estadual, Avaí estreia com goleada diante do Metropolitano

Com tranquilidade, o Avaí fez valer a superioridade técnica diante do Metropolitano nesta quinta-feira, na Ressacada. Na estreia das equipes no Catarinense, vitória por 4 a 0, com gols de Getúlio, Jones Carioca, Daniel Amorim e do estreante João Paulo. A goleada garante o time azurra na ponta do estadual após a primeira rodada.

Avaí e Metropolitano voltam a campo domingo. O Leão encara o Joinville, fora de casa, às 17h. O Verdão atua em Blumenau, diante da Chapecoense.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »