18 fevereiro 2018

Campeonato Paranaense 2018: Nos pênaltis, Coritiba vence o Foz do Iguaçu e avança para a final da Taça Dionísio Filho

O Coritiba está na final da Taça Dionísio Filho do Campeonato Paranaense. Após empate no tempo normal, o Alviverde foi melhor que o Foz nas cobranças de pênaltis e avança na competição. O Azulão abriu o placar no primeiro tempo, com Luccas Brasil, e o Coxa deixou tudo igual com Kady, na etapa final. Os dois times fizeram um jogo aberto, mas não conseguiram o placar nos 90 minutos. O Coritiba vai encarar agora o Rio Branco-PR, que na outra semifinal passou também nos pênaltis pelo Atlético-PR.

PRIMEIRO TEMPO

O Foz começou o jogo apertando a marcação no campo ofensivo e dificultando a vida do Coritiba na saída para o ataque. Na pressão, o Azulão abriu o placar aos 17 minutos. Em escanteio cobrado por Paulinho, Leandro Silva desviou e Luccas Brasil mergulhou para marcar. O Foz chegou a assustar em chutes de fora. Com o gol sofrido, o Coxa foi ao ataque, principalmente em cruzamentos na área e cobranças de falta, mas não teve sucesso.

SEGUNDO TEMPO

O técnico Sandro Forner voltou com Kady no lugar de Guilherme Parede e mudou o jogo para o Coritiba. O próprio Kady mostrou estrela e, aos 13 minutos, aproveitou belo passe de calcanhar de Alecsandro para empatar o jogo. O gol deixou a partida aberta, com as duas equipes criando boas chances de fazer o segundo. Na reta final, o Foz pressionou e controlou mais a bola, mas pecou na pontaria. Em contra-ataques, o Coritiba também assustou e não teve sucesso. Com isso, a decisão ficou para os pênaltis.

PÊNALTIS

Nas cobranças de pênaltis, o Foz começou parando no goleiro Wilson, que pegou a cobrança de Luccas Brasil. Depois de Leandro Silva e Matheus Olavo converteram para o Azulão, enquanto o Coritiba marcou com Kady, Iago e Julio Rusch. Na sequência, Marcelo Soares mandou por cima, e João Paulo garantiu o Coxa na final.

Antes de pegar o Rio Branco, na final da Taça Dionísio Filho, o Coritiba tem pela frente a Copa do Brasil. O time encara o Uberlândia na quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Parque do Sabiá.

Fora da final, o Foz do Iguaçu só volta a jogar no dia 4 de março, quando recebe o FC Cascavel, no Estádio do ABC, pela primeira rodada da Taça Caio Junior.

O Coritiba vai encarar o Rio Branco-PR na final da Taça Dionísio Filho. O Leão eliminou o Atlético-PR, também nos pênaltis, na Arena da Baixada, após empate sem gols no tempo normal. A decisão será no domingo, no estádio Couto Pereira, já que o Coxa teve melhor campanha.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Campeonato Paranaense 2018: Atlético-PR perde, nos pênaltis, para o Rio Branco-PR e está fora da final da Taça Dionísio Filho

O Rio Branco-PR chegou à final da primeira taça do Paranaense, a Taça Dionísio Filho, depois de vencer o Atlético-PR na cobrança de pênaltis. Após 0 a 0 no tempo normal, o time de Paranaguá ganhou por 6 a 5. Jhones teve atuação decisiva tanto durante o jogo fazendo grandes defesa para o Leão da Estradinha, defendendo um pênalti nas primeiras cobranças e ainda convertendo um. A cobrança de Vitor Naum, do Atlético-PR, definiu o resultado.

PRIMEIRO TEMPO

O jogo marcava o duelo da melhor defesa (Atlético-PR com só um gol sofrido) contra o melhor ataque (Rio Branco-PR com nove gols marcados). Mas a marcação que prevaleceu nos primeiros 45 minutos. O Furacão tentava jogar pelos lados, mas o time visitante fechava os espaços. Até João Pedro, destaque do time de aspirantes, teve atuação discreta. Com exceção de dois pedidos de pênaltis, um de cada lado, e duas finalizações de Deivid para fora, o primeiro tempo terminou com um 0 a 0 justo e merecido pelo que os times - não - fizeram.

SEGUNDO TEMPO

O Atlético-PR voltou mais perigoso e, em oito minutos, criou mais do que no primeiro tempo inteiro. Primeiro, Yago cruzou, e Ederson bateu por cima em chance clara. Depois, o camisa 9 finalizou buscando o ângulo, mas Jhones espalmou. Depois, o Rio Branco-PR conseguiu reequilibrar o jogo. O time de Paranaguá apostava nos contra-ataques e nas bolas paradas, mas sem sucesso. Para dar novo gás, Tiago Nunes colocou Felipe Dorta e Giovanny. O Atlético-PR seguiu em cima, e a pressão aumentou ainda mais quando Tcharlles recebeu o vermelho. Mas o goleiro Jhones brilhou. Ele salvou em outros três lances - de Zé Ivaldo, Yago, Ederson e Renan Lodi. O empate sem gols, então, levou a disputa para os pênaltis.

COBRANÇA NOS PÊNALTIS

Na decisão por pênaltis, João Pedro, Ederson, Giovanny, Renan Lodi e Felipe Dorta marcaram. Já Yago parou no goleiro Jhones, e Vitor Naum mandou na trave.
Pelo Rio Branco-PR, Raúl, Victor, Vandinho, Jhones, Thiagão e Marco Túlio converteram. Do time visitante, só Fernando Fernandes perdeu: ele parou no goleiro Santos.

A decisão será no próximo domingo, às 16h. Quem vencer fica com a Taça Dionísio Filho e garante vaga na finalíssima do Campeonato Paranaense. Caso o mesmo time vença as duas taças do Paranaense, ele será considerado campeão sem necessidade de final.

O Atlético-PR vira a chave e o time para a Copa do Brasil. O time de Fernando Diniz enfrenta o Tubarão-SC pela segunda fase. O duelo está marcado para 19h30 de quarta-feira, na Arena da Baixada. Quem vencer pega Ceará ou Londrina. Empate leva para os pênaltis.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Campeonato Carioca 2018: Flamengo vence o Boavista e conquista a Taça Guanabara 2018

O jogo foi equilibrado, especialmente no primeiro tempo. O Boavista valorizou a conquista, ao adotar boa marcação e tentar o ataque. Porém, o Flamengo foi melhor nos comentos decisivos. E, na etapa final, conseguiu fazer com que a maior qualidade fizesse a diferença: 2 a 0, gols de Kadu Fernandes (contra) e Vinicius Junior, no Kleber de Andrade, em Cariacica.

PRIMEIRO TEMPO

Equilíbrio. Foi assim o primeiro tempo. Ao conseguir marcar Éverton Ribeiro, Everton e Diego, o time de Saquarema correu poucos riscos. E só permitiu ao Rubro-Negro cruzamentos da intermediária. Conseguiu ainda jogar, trocando passes e buscando sempre o centroavante Leandrão.

SEGUNDO TEMPO

Rodinei foi a figura nova de Carpegiani para o segundo tempo. O treinador buscou mais efetividade. E dominou a etapa final. Controlou o rival. Pressionou. E contou com a sorte para abrir o placar, no gol contra de Kadu Fernandes. Depois, Vinicius Junior fechou a contagem em gol com assistência de Éverton Ribeiro. Poderia ter aumentado a contagem com chances perdidas por Diego, Dourado e o próprio Vinicius Junior.

O 21º trófeu da Taça Guanabara da história do Flamengo classifica o time de Carpegiani à semifinal do Carioca. Caso ele também ganhe a Taça Rio, que começa na próxima semana, estará na final do Estadual. E, neste caso, ela será em jogo único.

O Flamengo volta a campo na quarta-feira, às 19h30, no Nilton Santos. O Boavista, no dia seguinte, às 17h, desafia a Cabofriense no Correão.


Jogadores do Flamengo com o troféu de campeão da Taça Guanabara 2018!!!


Parabéns ao Flamengo pela conquista da Taça Guanabara 2018!!!

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

17 fevereiro 2018

Copa da Inglaterra 2017/18: Com 2 gols de William, Chelsea goleia o Hull City e avança para as quartas de finais da competição

Willian pede passagem. Na briga por uma vaga no time titular tanto do Chelsea quanto da seleção brasileira, o meia-atacante brasileiro aproveitou muito a chance que recebeu nesta sexta-feira. Ele fez dois gols e foi o melhor em campo na vitória dos Blues por 4 a 0 sobre o Hull City, em Stamford Bridge, pelas oitavas de final da Copa da Inglaterra. Pedro e Giroud marcaram os outros dois gols. O time de Antonio Conte avança às quartas de final e aguarda sorteio para saber seu próximo rival no torneio.

OS 90 MINUTOS

O Chelsea liquidou o jogo em poucos minutos na primeira etapa. Willian precisou de exatos 106 segundos para abrir o placar com um lindo chute de fora da área. Aos 26 minutos, Fábregas deu passe milimétrico para Pedro, que ajeitou com a direita e fuzilou com a esquerda da entrada da área: 2 a 0. Cinco minutos depois, Willian deu arremate certeiro no canto esquerdo do goleiro Marshall e fez o terceiro dos donos da casa. A goleada foi fechada com Giroud. O francês fez seu primeiro gol com a camisa dos Blues após boa jogada e passe do estreante da noite, o brasileiro naturalizado italiano Emerson Palmieri: 4 a 0.

Além do Chelsea, o Leicester, que venceu o Sheffield United nesta sexta, também garantiu vaga nas quartas de final. Os confrontos das quartas de final serão definidos em sorteio no próximo sábado. A próxima fase será disputada entre os dias 16 e 19 de março. Finalista no ano passado, quando perdeu o título para o Arsenal, o Chelsea busca sua oitava conquista da Copa da Inglaterra. A última vez que ergueu o troféu da competição foi na temporada 2011/12. Confira os demais duelos das oitavas de final:

Sheffield Wednesday x Swansea City
West Bromwich x Southampton
Brighton x Coventry City
Huddersfield Town x Manchester United
Rochdale x Tottenham
Wigan x Manchester City

O Chelsea volta a campo na próxima terça, também em Stamford Bridge, em duelo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Barcelona. No Campeonato Inglês, o próximo compromisso será o clássico contra o Manchester United, em Old Trafford, no domingo, dia 25. Os Blues estão na quarta posição do torneio. O Hull City, por sua vez, volta suas atenções para a Segundona inglesa. A equipe ocupa a 21ª posição, uma à frente da zona de rebaixamento para a Terceira Divisão.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa da Inglaterra 2017/18: Manchester United vence o Huddersfield por 2 a 0 e avança para a próxima fase da competição

Com um gol em cada tempo, ambos anotados por Lukaku, o Manchester United bateu o Huddersfield Town por 2 a 0, neste sábado, fora de casa, pela Copa da Inglaterra. Com o resultado, os Diabos Vermelhos se garantiram nas quartas de final para encarar o Brighton.

Primeiro Tempo

Sem Pogba e De Gea, ambos poupados, o Manchester United começou a partida a mil por hora e, logo aos três, abriu o placar com Lukaku após passe de Mata. O Huddersfield não sentiu o gol e partiu em busca do empate, dominando o jogo, mas sem conseguir levar real perigo à meta de Romero. Aos 45, Mata fez o segundo após passe de Young, mas o árbitro, após consultar o VAR (árbitro de vídeo), viu impedimento do espanhol na jogada.

Segundo Tempo

No segundo tempo, o Huddersfield começou em cima, mas, aos dez, um golpe fatal. Logo após bater um escanteio, o time da casa levou um contra-ataque veloz de Lukaku, que saiu de seu campo de defesa, tabelou com Sánchez, recebeu na frente e, ao entrar na área, bateu na saída do goleiro rival. Na comemoração, invasão de campo de alguns torcedores, entre eles algumas crianças. O gol sofrido abalou os anfitriões, que viram o Manchester United cozinhar o jogo até o fim e assegurar a classificação.

Romelu Lukaku é o cara do Manchester United na Copa da Inglaterra. O jogador, que já havia marcado nas duas fases anteriores disputadas pelos Red Devils, chegou ao décimo gol em sua décima partida seguida na competição mata-mata (contando jogos pelo Everton, seu clube anterior)

Agora os comandados de José Mourinho focam no duelo contra o Sevilla, na próxima quarta-feira, na ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. O confronto acontece na Espanha.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

16 fevereiro 2018

Copa do Brasil 2018: Vitória vence o Corumbaense e avança para a próxima fase da competição

O Vitória fez valer o status de favorito e, com tranquilidade, bateu o Corumbaense por 3 a 0 na noite desta quinta-feira e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. No Barradão, o Rubro-Negro abriu o placar ainda no primeiro tempo, com Yago, após acertar um belo contra-ataque. Na etapa final, o time fez o segundo aos sete minutos, com André Lima, e a partir daí só administrou a partida e o cansaço, já que tem clássico contra o Bahia no fim de semana, pelo Campeonato Baiano. Mesmo assim, a equipe teve gás para fazer mais um gol com Jonatas Belusso.

PRIMEIRO TEMPO

Vitória e Corumbaense fizeram uma etapa inicial lenta e que foi esquentando aos poucos. Desde os primeiros minutos, os mandantes tomaram a iniciativa do jogo, mas esbarraram na falta de velocidade e na forte marcação dos visitantes. Fechado atrás, o Corumbaense também pouco se aventurou na frente e, na melhor oportunidade, Igor Pimentel cabeceou e André Lima salvou o Vitória em cima da linha. A partir daí, o Rubro-Negro aumentou o ritmo e não perdoou na chance que teve. Em contra-ataque de manual, Yago recebeu de Rhayner e abriu o placar. À frente no jogo, o Leão se empolgou e teve outras oportunidades de marcar, novamente com Yago e também com Bryan.

SEGUNDO TEMPO

O Vitória não demorou muito para definir a partida. Com sete minutos da etapa final, André Lima acertou cabeçada em belo cruzamento de José Welison e fez o segundo gol do Vitória. Precisando de dois gols para, pelo menos, levar a disputa para os pênaltis, o Corumbaense se lançou à frente e teve boas chances, com Geraldo e Willian. O último chegou a desperdiçar uma oportunidade cara a cara com Fernando Miguel. Com mais espaço, o Vitória também criava com facilidade e perdeu grandes oportunidades, a maioria com Neilton. Perto do final da partida, o atacante se redimiu e fez grande jogada que acabou no gol de Jonatas Belusso.

Classificado, o Vitória espera agora o vencedor do confronto entre Bragantino e Altos. O jogo está marcado para a próxima quarta-feira, às 20h30 (horário de Brasília). Os jogos da terceira fase ainda não têm data e horário definidos.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa do Brasil 2018: São Paulo vence o CSA por 2 a 0, fora de casa, e avança para a terceira fase da competição

A atuação ainda ficou bastante distante do que a torcida espera, mas o São Paulo avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. Depois de um primeiro tempo muito ruim, o Tricolor acordou na etapa final e venceu o CSA por 2 a 0, nesta quinta-feira, no estádio Rei Pelé, em Maceió. O próximo adversário é o CRB, também de Alagoas, que eliminou o Novo Hamburgo-RS.

PRIMEIRO TEMPO RUIM

O São Paulo, mais uma vez, decepcionou. Em ritmo extremamente lento e pouco criativo, o Tricolor foi facilmente controlado pelo CSA e passou todo o primeiro tempo sem criar chances. A equipe alagoana, contagiada pelo ótimo público no estádio Rei Pelé, jogou em cima dos erros dos paulistas e levou mais perigo. Dawhan, aos 16, quase abriu o placar de cabeça.


Sem jogos desde a quarta-feira passada, o técnico Dorival Júnior não conseguiu melhorar o ataque são-paulino. Sem mobilidade, o trio formado por Nenê, Cueva e Diego Souza nada fez. Só Marcos Guilherme se mexeu pelos lados, mas, sozinho, também parou na defesa rival.

SEGUNDO TEMPO

Quando acelerou o jogo, o São Paulo não demorou a ficar em vantagem, logo aos três minutos. Após boa tabela com Cueva, Marcos Guilherme cruzou rasteiro para Nenê só empurrar. Mais ligado, o Tricolor aumentou pouco depois, aos 16. Diego Souza foi derrubado pelo goleiro Mota na área após ótimo lançamento de Reinaldo. Cueva bateu o pênalti e ampliou. O CSA ainda tentou reagir, mas não mostrou qualidade técnica para isso.

O São Paulo agora tem pela frente o clássico contra o Santos, domingo, às 17h, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. No mesmo dia e horário, o CSA recebe o Dimensão Saúde, no Rei Pelé, pelo Campeonato Alagoano.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa do Brasil 2018: Sport perde, nos penâltis, para o Ferroviário-CE e está eliminado da competição

A reviravolta foi digna de filme. O Sport abriu 3 a 0 na Ilha do Retiro, tinha a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil encaminhada. Tudo corria bem para o Leão no Recife até os 30 do segundo tempo. Mas o Ferroviário escreveu uma história completamente diferente em dez minutos. O time cearense - fora de casa - buscou um empate que se desenhava improvável e, nos pênaltis, bateu o Leão por 4 a 3. Noite histórica protagonizada pelo Ferrão.

PRIMEIRO TEMPO

A postura do Ferroviário-CE foi jogar com cautela na defesa e buscar os contra-ataques. Embora o Sport tivesse mais domínio de bola e começasse o jogo melhor, os cearenses mantinham a estratégia. Só que deixaram o Leão tomar gosto pela partida. Os rubro-negros foram se soltando e ficaram mais no campo de ataque. Apesar das poucas chances criadas, o gol saiu. Felipe Rodrigues cabeceou e a zaga do Ferrão afastou. Na sobra, Rogériometeu para dentro da área e a bola sobrou para Anselmo fazer. Com a vitória parcial, o Sport manteve o que estava fazendo: rodar a bola e buscar espaços. Não conseguiu assustar, mas foi para o intervalo ganhando.

SEGUNDO TEMPO

O Sport jogou mais no início do segundo tempo. Não deu brechas para o Ferroviário-CE tentar uma reação. O Leão começou a criar mais chances e dar muito mais trabalho ao goleiro Bruno Colaço. Tanto que não tardou a chegar ao segundo gol: Capa cruzou e Fabrício apareceu livre para cabecear. Os rubro-negros ainda tiveram mais chances com Rogério e com Thomás, mas não conseguiram converter. O terceiro veio com Marlone após passe de Índio. Só que, aí, tudo mudou. O Ferroviário, incrivelmente, tirou forças para reagir. O que mostrava até aquele momento se transformou. Mazinho marcou duas vezes e reacendeu o jogo. Já na reta final, Valdeci fez o gol que selou a ida para os pênaltis.

OS PÊNALTIS

Janeudo abriu o placar para o Ferroviário. Thomás empatou para o Leão. Valdeci fez mais um para os cearenses, mas Léo Ortiz empatou. De novo, Rodrigo Rodrigues fez mais um, o terceiro. Fabrício converteu o dele. Mazinho fez o quarto do Ferroviário e Rogério perdeu para o Sport. Era a hora do Ferroviário vencer e se classificar. Mas Mota também perdeu. Depois dele, era a vez de Marlone. O camisa 10 do Leão perdeu. E o Ferroviário se classificou.

O Ferroviário-CE agora espera pelo vencedor de Vila Nova-GO e Joinville-SC, que se enfrentam na próxima quinta-feira, dia 22 de fevereiro, no Estádio Serra Dourada. Da terceira fase em diante, os jogos são de ida e volta - não mais partidas únicas.

O Sport volta a jogar no próximo domingo, às 16h, contra o América-PE, na Ilha do Retiro. O jogo é válido pelo Campeonato Pernambucano. Já pelo Campeonato Cearense, no mesmo dia e horário, o Ferroviário-CE enfrenta o Guarani de Juazeiro-CE, no Estádio Raimundão.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa do Brasil 2018: Fluminense goleia o Salgueiro e avança para a próxima fase da competição

Que jogo do Fluminense. A melhor atuação do time no ano. O Tricolor desfilou bom futebol e goleou o Salgueiro/PE pela segunda fase da Copa do Brasil na noite desta quinta-feira no Estádio Nilton Santos. O nome do jogo foi Sornoza, com três assistências e um gol. Gilberto também brilhou, balançando a rede duas vezes. Robinho e Marcos Júnior completaram a goleada.

PRIMEIRO TEMPO

Foram 70% de posse de bola, quatro escanteios, 11 finalizações e dois gols. Os números mostram o domínio do Fluminense no primeiro tempo. Além de duas bolas na rede, com Gilberto e Marcos Junior, o Tricolor teve pelo menos outras quatro boas oportunidades. O Salgueiro teve apenas duas chances. As finalizações defendidas por Júlio César vieram após o Flu diminuir o ritmo e cochilar com o 2 a 0 no placar.

SEGUNDO TEMPO

O 2 a 0 no placar já era mais que suficiente para o Flu alcançar seu objetivo e avançar de fase. Mas o Tricolor não estava satisfeito e voltou para a etapa final com fôlego para fazer ainda mais. Nos primeiros minutos já partiu para cima e teve chances de ampliar. O terceiro veio aos 9 com Gilberto de novo. Com a vantagem ampliada, o time de Abel Braga continuou em cima e foi recompensado aos 21, com Robinho, e aos 42, com Sornoza. Placar elástico para coroar uma noite de gala Tricolor.

O Fluminense agora terá pela frente Juventude ou Avaí. O adversário será conhecido só no dia 22 de fevereiro. As datas reservadas para a terceira fase da Copa do Brasil são 28 de fevereiro e 14 de março. Nesta etapa, volta o sistema de dois jogos, porém, sem o gol qualificado.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

15 fevereiro 2018

Campeonato Paranaense 2018: Coritiba venceu o Toledo e garantiu uma vaga na semifinal da Taça Dionísio Filho

O Coritiba venceu o Toledo por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, no Estádio 14 de Dezembro, e garantiu uma vaga na semifinal da Taça Dionísio Filho. O zagueiro Thalisson Kelven e o atacante Evandro marcaram, no segundo tempo, os gols da vitória alviverde. Os times protagonizaram um primeiro tempo equilibrado. O Coxa mostrou mais eficiência na etapa final e aproveitou as oportunidades. O time da casa até pressionou no fim, mas nada que colocasse a vitória alviverde em risco.

PRIMEIRO TEMPO

Toledo e Coritiba protagonizaram um primeiro tempo equilibrado. O Coxa até buscou mais o ataque no início e chegou a assustar com Thiago Lopes em chute da entrada da área. Depois, porém, o time da casa cresceu no jogo. Ferreira dava trabalho para a marcação, mas o Toledo não conseguia superar Wilson e companhia. Só Ferreira e Ari, em chutes de fora da área, assustaram. Um primeiro tempo morno.

SEGUNDO TEMPO

O jogo ficou mais aberto no segundo tempo, com os dois times buscando o gol que poderia significar a vaga. O Coritiba mostrou mais eficiência. Primeiro, Júlio Rusch cobrou escanteio, e Thalisson Kelven completou para o gol. Já no fim, Wilson lançou, e Evandro tocou por cobertura para fazer um golaço. Entre um gol e outro, o Toledo até rondou a área adversária e pressionou, mas não
conseguiu furar a marcação.

O Coritiba enfrenta o Foz do Iguaçu pela semifinal da Taça Dionísio Filho. A decisão é em jogo único; em caso de empate, a vaga será decidida nos pênaltis. O Toledo só volta a campo em 4 de março - ele visita o Rio Branco-PR na Estradinha.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »