18 fevereiro 2017

Copa da Inglaterra 2016/17: Chelsea vence e avança para as quartas de finais da competição

Regular nos pontos corridos e também firme e forte no mata-mata. Líder disparado do Campeonato Inglês, o Chelsea confirmou neste sábado a classificação para as quartas de final da Copa da Inglaterra. Ela veio com vitória tranquila sobre o Wolverhampton, por 2 a 0, fora de casa, gols de Pedro e Diego Costa.

O técnico Antonio Conte pôs a campo um time misto, com força no setor ofensivo (Willian, Hazard, Pedro e Diego Costa foram titulares) e priorizou o descanso de seus defensores. Após um primeiro tempo com poucas emoções, o Chelsea reencontrou o caminho das redes e venceu até sem sustos. Aos 20, um contra-ataque terminou com belo cruzamento de Willian na cabeça de Pedro, que não perdoou. Diego Costa fechou o placar aos 44 após a bola sobrar limpa na área em jogada de Kanté e Fàbregas.

O Chelsea aguarda o sorteio deste domingo para conhecer o seu adversário nas quartas de final. Além dele, três equipes já estão classificadas: Lincoln City, Middlesbrough e Millwall. O Manchester City precisará de um replay contra o Huddersfield Town, enquanto Blackburn x Manchester United e Sutton x Arsenal são os confrontos restantes.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

16 fevereiro 2017

Campeonato Paulista 2017: São Paulo vira o jogo e vence o Santos, fora de casa no primeiro clássico oficial de Rogério Ceni como técnico e de quebra derruba alguns tabus

Num segundo tempo inspirado de Luiz Araújo, o São Paulo quebrou tabus e mais tabus na noite desta quarta-feira. O atacante entrou no intervalo e fez dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o Santos, na Vila Belmiro, até então, palco onde os anfitriões eram praticamente imbatíveis.

O Tricolor não ganhava na casa do Peixe desde 2009. Pelo Campeonato Paulista, havia mais tempo ainda, desde 2003. E no estadual, contra qualquer adversário, eram seis anos e 45 jogos de invencibilidade dos santistas. Rogério Ceni ganhou seu primeiro clássico. Na final do Torneio da Flórida, seu time empatou sem gols com o Corinthians, mas conquistou o título nos pênaltis.

90 MINUTOS

O bom toque de bola marcou o jogo das duas equipes no primeiro tempo. Mas quem se deu melhor primeiro foi o Santos. Aos 10 minutos, Vitor Bueno deu belo drible em Buffarini e cruzou para Copete fazer de cabeça – Sidão falhou no lance. O São Paulo não se desesperou e teve calma para chegar ao empate, aos 36. Zeca fez pênalti em Gilberto, e o peruano Cueva deixou tudo igual.

Na volta para o segundo tempo, a entrada de Luiz Araújo no lugar de Neilton deu uma cara diferente ao ataque do São Paulo. E ao placar também. Aos 10 minutos, foi dele o gol da virada tricolor. Thiago Mendes roubou a bola de Lucas Lima e depois Gilberto deu bela assistência ao garoto. O Santos colocou pressão em cabeçada de Rodrigão. Mas Sidão fez grande defesa. E, na sequência, Araruna passou para Cueva, que fez grande jogada e colocou Luiz Araújo para fazer 3 a 1.

Com essa vitória, o São Paulo chegou aos seis pontos e se isolou na liderança do Grupo B. O Santos, com os mesmos seis pontos, caiu para a segunda colocação no Grupo C. O Mirassol, com 100% de aproveitamento, é o primeiro da chave.

Na próxima rodada, Santos e São Paulo jogam no sábado, às 19h30. O Peixe recebe a Ferroviária, na Vila Belmiro, e o Tricolor pega o Mirassol, no Morumbi.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa do Brasil 2017: Internacional-RS estreia com vitória e avança para a segunda fase da competição

Os colorados esperavam uma goleada, mas o Inter fez "apenas" 2 a 0 no Princesa do Solimões na noite desta quarta-feira, em Cascavel, no Paraná, e segue para a segunda fase da Copa do Brasil. O empate já bastava aos gaúchos, e a atuação no primeiro tempo chegou a preocupar. O time amazonense inclusive reclamou de pênalti em lance polêmico. O Colorado também ficou na bronca com um gol anulado. A vitória, porém, só foi construída na etapa final.

PRIMEIRO TEMPO

O Inter não conseguiu fazer valer a diferença entre as equipes. Mesmo diante de um adversário que não atuava há quatro meses, abusou dos erros de passe, de finalização e pouco incomodou Rasci. De quebra, ainda levou sorte, porque o árbitro Paulo Roberto Alves Junior evitou marcar o pênalti de Carlos em Marinelson.

SEGUNDO TEMPO

Após a pouca produção na etapa inicial, o Inter, apesar de longe de uma atuação de luxo, melhorou. As entradas de Valdívia e Brenner surtiram efeito. Ambos marcaram os gols dos gaúchos com passes de D’Alessandro. No final do jogo, o capitão ainda acertou uma bola no travessão.

Com o resultado, o Inter está na segunda fase da Copa do Brasil. O próximo adversário será o Oeste (SP), que venceu o Friburguense por 1 a 0 também nesta quarta. A partida será no dia 1º de março no Beira-Rio. O Princesa do Solimões está eliminado.

AGENDA

O Inter agora volta a concentrar as forças no Gauchão. Neste domingo, às 17h, enfrenta o Passo Fundo no Vermelhão da Serra, em Passo Fundo. O Princesa do Solimões, só atuará daqui a mais de um mês. No dia 18 de março, começa a disputa do Amazonense, diante do campeão da Série B deste ano.

Fonte: globoesporte.com

Leia Mais »

Copa do Brasil 2017: Fluminense estreia na competição com goleada e avança para a segunda fase

Lucas fez um gol e participou de outros dois. Henrique Dourado balançou a rede duas vezes, isolando-se na artilharia da equipe na temporada (seis em seis jogos). E o Fluminense voltou a apresentar bom futebol. Nada, porém, no 5 a 2 tricolor sobre o Globo, com classificação à segunda fase da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, teve tanto destaque quanto o golaço de Gustavo Scarpa. O camisa 10 acertou um lindo chute pouco antes do meio do campo, que entrou para a história do estádio Barretão, em Ceará-Mirim, no interior do Rio Grande do Norte.

O Flu aguarda o vencedor entre Sinop e Salgueiro, que se enfrentam nesta quinta-feira, no Mato Grosso. O confronto da segunda fase ainda não tem dada definida. Porém, o Tricolor atuará como visitante e com a vantagem do empate.

PRIMEIRO TEMPO

Marcando a saída de bola adversária e jogando com intensa troca de passes, marca neste começo de temporada, o Flu não demorou para tomar controle da partida. A facilidade de atacar, especialmente pela direita, em boa jornada de Lucas, até surpreendeu. Aos 32 minutos, vencia por 3 a 0. Gols com participação do camisa 2. Ele abriu o placar. Foi em chute dele que o goleiro Rafael deu rebote e Dourado ampliou. O Ceifador fez o terceiro com assistência do lateral. O primeiro tempo só não foi perfeito pois Sornoza desperdiçou pênalti (sofrido por Lucas) e o adversário descontou, com Dênis.

SEGUNDO TEMPO

A partida pouco mudou na etapa final. Wellington, após boa tabela com Léo, pela esquerda, fez um bonito gol. Foi uma prévia do que estava por vir. Scarpa, ainda no campo defensivo, pouco metros da linha divisória, percebeu o goleiro Rafael adiantado. Arriscou. E fez um golaço. A bola percorreu 59 metros antes de tocar a rede. Ainda deu tempo para Gláucio descontar.

PRÓXIMOS JOGOS

As duas equipes retomam a disputa dos estaduais. No sábado, em Moça Bonita, o Flu enfrenta o Volta Redonda - já está classificado para a semifinal da Taça Guanabara. O Globo-RN, domingo, recebe o Baraúnas buscando a vitória para assumir a liderança da Copa Cidade do Natal.

Fonte: globoesporte.com

Leia Mais »

Copa do Brasil 2017: Cruzeiro estreia com vitória na competição e avança para a próxima fase

Poderia ter sido mais tranquilo. Mas, apesar de ter passado por algumas emoções indesejadas, o Cruzeiro está na segunda fase da Copa do Brasil. Superior em quase todo o jogo, o Cruzeiro perdeu muitos gols e acabou vencendo o Volta Redonda por um placar com vantagem mínima: 2 a 1, no estádio Raulino de Oliveira, no interior carioca. Com gols de Alisson e Robinho, com o Voltaço descontando com Higor Leite, a Raposa garantiu passagem para enfrentar o São Francisco-PA, que derrotou o Botafogo-PB por 3 a 0 na primeira fase.

PRIMEIRO TEMPO

A primeira etapa foi de muita intensidade de ambas as equipes, mas com domínio do Cruzeiro. A mesma facilidade que teve para criar oportunidades, não foi a mesma em concluir com eficácia para o gol. A Raposa perdeu muitas chances durante toda a etapa, apesar de ter conseguido o gol no começo do jogo. Após três chances perdidas, Alisson foi lançado na grande área e tocou na saída do goleiro Douglas Borges, abrindo o placar aos 14 minutos. O time celeste continuou melhor, encontrando espaço na marcação do Voltaço, mas era displicente na hora de concluir. O time da casa também encontrava certa facilidade em chegar ao gol de Rafael e quase chegou ao gol em duas oportunidades, parando nas defesas do goleiro cruzeirense.

SEGUNDO TEMPO


Foi com a mesma intensidade que os jogadores voltaram para o segundo tempo. O Volta Redonda fez duas modificações, e uma delas, Higor Leite, teve boa chance no primeiro lance, quase empatando. Com mais espaço, o Cruzeiro voltou a levar perigo ao gol de Douglas Borges, chegando ao segundo gol aos 15 minutos. Robinho recebeu passe de Rafael Sobis e mandou para o fundo do gol. Após o chute, o jogador sentiu a parte posterior da coxa direita e deixou o gramado.
Mas durou pouco a vantagem do Cruzeiro. Aos 23 minutos, após chute na trave de Marcelo, Higor Leite pegou rebote e mandou para o gol, colocando mais emoção na partida. O Volta Redonda passou a pressionar, acreditando ainda que poderia virar a partida, resultado que lhe garantiria a vaga. Por outro lado, a Raposa não conseguiu manter o ritmo de jogo, passando a explorar os contra-ataques, mas, novamente, sem sucesso. Nos últimos minutos, o time mineiro conseguiu impedir os avanços do adversário e alcançou a vaga para a segunda fase.

FIM DE SEMANA

O Cruzeiro agora enfrenta a URT, sábado, às 16h30 (de Brasília), em Patos de Minas, pelo Campeonato Minero. O Volta Redonda pega o Fluminense, em Moça Bonita, no mesmo horário.

NA SEGUNDA FASE

Vitória classifica o Cruzeiro para confronto com o São Francisco-PA, pela segunda fase da Copa do Brasil. Jogo será o Mineirão, quarta-feira que vem.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa do Brasil 2017: Portuguesa estreia na competição, vence e se classifica para a próxima fase

Uniclinic e Portuguesa fizeram uma partida bem movimentada no Estádio Domingão, em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza. Diante de um público minúsculo, as duas equipes mostraram que estavam dispostas a garantir a vaga com vitória. A Lusa saiu na frente, com Bruno Xavier. Logo em seguida, de pênalti, Edson Cariús empatou. Mas, aos 39 minutos, Brunão definiu a classificação pró time paulista. Agora, enfrenta o Boavista, que eliminou o Ceará.

QUASE NINGUÉM

O Uniclinic, como time da Capital cearense, acabou jogando em uma cidade vizinha. Como já tem torcida pequena, a falta do PV fez com que a equipe tivesse um público muito pequeno nas arquibancadas.

PRÓXIMOS JOGOS

O Uniclinic volta a campo, no próximo domingo (19), diante do Fortaleza, na Arena Castelão, a partir das 18h30, pelo Cearense. A Portuguesa joga contra o Mogi Mirim, no Estádio Anacleto Campanella, às 16 horas, também no domingo, pelo Paulista A2.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

09 fevereiro 2017

Copa do Brasil 2017: São Paulo estreia na competição com vitória diante do Moto Club e avança para a segunda fase

Com um gol de Gilberto no primeiro minuto de jogo, o São Paulo venceu o Moto Club-MA no estádio Castelão, em São Luís, por 1 a 0, e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil.

Essa foi a primeira vitória de Rogério Ceni como técnico. Antes, ele teve dois empates nos Estados Unidos, contra River Plate e Corinthians – com duas vitórias nos pênaltis e o título do Torneio da Flórida –, e uma derrota para o Audax na estreia do Campeonato Paulista.

PRIMEIRO TEMPO

Antes que o Moto Club pudesse sonhar em segurar o empate para depois atacar, Júnior Tavares foi esperto ao encontrar Gilberto na área, e o centroavante, que, assim como Chavez, deverá ter a dura concorrência de Lucas Pratto, mostrou categoria para encobrir o goleiro e tocar no cantinho esquerdo de Ruan: 1 a 0.

O placar só não foi maior na etapa inicial porque Neilton parou duas vezes no goleiro e uma no travessão. Os maranhenses só ameaçaram em erros tricolores, como quando Thiago Mendes tocou para trás nos pés de Paquetá, que isolou na finalização.

SEGUNDO TEMPO

O Moto Club resolveu tentar marcar o São Paulo no campo de ataque e imprimir mais velocidade no segundo tempo. Curuca quase empatou em chute travado por Júnior Tavares, mas depois os visitantes voltaram a ter o domínio da partida. Gilberto perdeu chance incrível, e logo depois foi substituído por Chavez. Cícero, após belo passe de Cueva, chutou no peito do goleiro Ruan. A partida caminhou de maneira bastante morna até o fim.

Na segunda fase da Copa do Brasil, o São Paulo enfrentará o PSTC-PR, novamente em jogo único – empate agora leva a pênaltis. Por sorteio, o mando será do time paranaense.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa do Brasil 2017: Vitória estreia com vitória em cima do Luziânia e avança na competição

Na estreia pela Copa do Brasil 2017, o Vitória de Argel Fucks nem deu chances para a zebra aprontar. Diante do Luziânia, fora de casa, marcou uma vez em cada tempo e construiu placar seguro no jogo único que garantiu classificação para a segunda fase - o resultado asseguraria vaga até mesmo no regulamento antigo, onde a vitória por dois gols de diferença anularia o jogo da volta. Cleiton Xavier, em bonito lance, e Paulinho, com enorme ajuda do goleiro rival, foram os autores dos gols do 2 a 0 no Estádio Serra do Lago na noite desta quarta-feira.

PRIMEIRO TEMPO

A equipe baiana começou o jogo pressionando e finalizou duas vezes com perigo logo nos três minutos iniciais, mas diminuiu o ritmo pouco tempo depois. Aos 17, porém, viu o Luziânia criar a primeira chance real de gol, em cabeceio de Laécio que triscou no travessão. O Rubro-Negro baiano errava muitos passes no campo ofensivo, mas quando acertou conseguiu abrir o placar. Aos 22, David fez boa enfiada, Kieza deixou passar e Cleiton Xavier mandou de pé direito no ângulo. A partir daí, bastou administrar até o intervalo.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final parecia mostrar um duelo mais equilibrado nos primeiros minutos, mas um frangaço do goleiro Dida deixou o Vitória ainda mais na boa logo aos 11. Em cruzamento despretensioso de Paulinho, pela esquerda, o camisa 1 vacilou feio e viu a situação dos mandantes ficar praticamente irreversível. Fernando Miguel trabalhou duas vezes, mas o placar não foi mais movimentado. O Luziânia até balançou a rede, mas em lance irregular com toque de mão de Laécio.

O Vitória agora aguarda o vencedor de Anápolis x Bragantino, jogo que será realizado na próxima quarta-feira, dia 15, também em Goiás. A equipe paulista tem a vantagem do empate por jogar fora de casa. Na segunda fase, também em jogo único, o mando de campo será sorteado e, em caso de igualdade no placar, a decisão será na disputa de pênaltis.

Fonte: globoesporte.com
Leia Mais »

Copa do Brasil 2017: Vasco estreia com vitória diante do Santos-AP e avança para a próxima fase da competição

Apesar do grande número de oportunidades desperdiçadas, o Vasco venceu o Santos-AP por 2 a 0, nesta quinta-feira, na Arena das Dunas, em Natal, e está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. Os gols foram marcados pelo camisa 10 Nenê, em cobranças de pênalti, ambos sofridos por Guilherme. A partida marcou a estreia de Kelvin e Gilberto, que tiveram uma atuação que dá uma boa perspectiva aos torcedores cruz-maltinos.

O adversário do Vasco na segunda fase sairá do confronto entre Fast-AM e Vila Nova-GO. As equipes se enfrentam na próxima quinta-feira, na Arena da Amazônia.

Primeiro tempo

Foi praticamente um ataque contra defesa. Desde o início, o Vasco imprensou o Santos no campo de defesa a passou a criar chances em sequência, especialmente nos ataques pelo lado esquerdo. O meia Guilherme, um dos principais destaques, começou com um chute no travessão. Depois, entrou na área e foi derrubado com um pontapé pelo zagueiro Dedé: pênalti. Nenê cobrou bem e abriu o placar para os vascaínos. Sem sofrer muito perigo do Santos, a equipe ainda perdeu oportunidades, como o chute torto de Alan da entrada da área.

Segundo tempo

No segundo tempo, Cristóvão Borges colocou Muriqui e o estreante Kelvin nos lugares de Thalles e Escudero. Uma formação mais rápida, com muita movimentação pelos lados do campo. Gilberto também estreou, e em seu primeiro lance criou uma das melhores jogadas. Ele passou por dois marcadores, mas, na hora de cruzar, mandou forte demais para Guilherme. Na sequência, Kelvin tabelou com o lateral e por pouco não fez o segundo gol cruz-maltino. O atacante teve pelo menos mais chances chances claras, mas desperdiçou. Em uma delas, Nenê cruzou na medida, e ele desviou de cabeça para a defesa do goleiro Axel. Para fechar o placar e selar a classificação, mais um pênalti em cima de Guilherme. Nenê cobrou bem novamente e fez 2 a 0.

Gilberto e Kelvin dão velocidade ao time

Os estreantes Gilberto e Kelvin foram bem e dão esperança aos torcedores. O lateral incendiou o lado direito de ataque e conseguiu alguns bons lances individuais, que se tornaram boas oportunidades de gol. O atacante mostrou muita mobilidade, bom entendimento com Nenê e Gilberto. Só faltou caprichar nas finalizações.

Nenê e Guilherme decisivos

Nenê marcou os dois gols vascaínos, ambos em pênaltis sofridos por Guilherme. O meia teve mais uma boa atuação neste início de temporada e ganha mais pontos com o técnico Cristóvão Borges. A equipe mostrou mais uma vez sua força nas bolas paradas: dos 11 gols marcados no ano, oito foram neste tipo de lance.

Fonte: globoesporte.com



Leia Mais »

Copa do Brasil 2017: Coritiba empata com o Vitória da Conquista na estreia na competição e avança a próxima fase

O regulamento do jogo único na primeira fase da Copa do Brasil por pouco não fez a primeira vítima entre os clubes da Série A. O Coritiba sofreu, saiu atrás, mas avançou com o empate por 1 a 1 contra o Vitória da Conquista, na Bahia. Em jogo de duas expulsões - uma para cada lado - e pênalti por perdido por Kleber Gladiador, Werley, de cabeça, impediu o vexame que se encaminhava após gol de Todinho.

PRIMEIRO TEMPO

Mesmo com a vantagem do empate, o Coritiba aproveitou a superioridade técnica e dominou as ações na etapa inicial. Coube a Rodolfo assumir papel de protagonista do Vitória da Conquista. O goleiro contou com a sorte no primeiro lance de ataque dos visitantes, quando Rildo se atrapalhou com Ruy na pequena área e perdeu boa chance, mas salvou na sequência com uma das mãos a finalização de voleio de Kleber. Aos 33 minutos, porém, Rodolfo, de maneira infantil, derrubou Rildo na área e levou o amarelo. Na cobrança do pênalti, o Gladiador buscou o canto esquerdo, mas encontrou o goleiro, que impediu o primeiro do Coxa.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo foi ainda mais movimentado. Logo aos seis minutos, Todinho recebeu de Kaká, limpou a defesa do Coxa e bateu na saída de Wilson para abrir o marcador. A tensão em campo resultou em duas expulsões: Matheus Galdezani e Emilio, em lances próximos, receberam o segundo amarelo por faltas na intermediária do campo. Atrás do resultado, Carpegiani foi ousado, trocou um lateral por Henrique Almeida e foi recompensado. Aos 33 minutos, Werley subiu mais que a defesa após cobrança de escanteio de Ruy e fez o gol da classificação. Os donos da casa ainda saíram na bronca com a arbitragem, reclamando de um pênalti não marcado em Wander após ser tocado por Juninho.

Fonte: globoesporte.com

Leia Mais »